Qual a importância dos EPI para a biossegurança hospitalar?

Qual a importância dos EPI para a biossegurança hospitalar?

A biossegurança hospitalar é compreendida como um conjunto de ações que objetivam a prevenção, eliminação ou mesmo a minimização dos riscos inerentes às atividades realizadas dentro de hospitais, laboratórios e demais centros de saúde.

Os riscos acima citados podem comprometer não apenas a saúde dos trabalhadores envolvidos, mas também a saúde e bem-estar dos pacientes e até de animais e do meio ambiente como um todo.

Dessa maneira, a utilização de equipamentos de proteção individual é fundamental para garantir a biossegurança hospitalar, uma vez que são eles que irão prevenir a contaminação e disseminação de fungos, bactérias e microrganismos causadores de doenças.

Saiba quais são os EPIs fundamentais para biossegurança hospitalar:

– Luvas: devem ser utilizadas e trocadas a cada mudança de procedimento. Deve-se utilizar somente luvas descartáveis, que não podem ser reaproveitadas em hipótese — nem mesmo para utilização no mesmo paciente;

– Óculos de proteção: necessário em situações com risco de respingo de secreções, excreções ou sangue. Esse equipamento de segurança deve ser lavados após o término de sua utilização;

– Avental: necessário, principalmente quando há risco de emissão de aerossóis ou respingo de substâncias;

– Máscara descartável: indicado para a realização de intubação traqueal, autópsia envolvendo tecido pulmonar, aspiração nasofaríngeanasotraquel e broncoscopia.


Nossas Marcas